quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

E o vandalismo na Terra dos Poetas...


Hoje, ao abrir a página do Froilam, me deparei com uma notícia, no mínimo, revoltante.
A Rua dos Poetas, que renovou Santiago, elevando (e muito) o nível do centro da cidade pela sofisticação da obra, já sofre nas mãos dos vândalos que simplesmente ignoram a importância da Rua para toda a população.
Como pode ainda existir gente com uma mente tão pequena e irresponsável?

Resta minha indignação e vergonha por parte dessa gente sem consideração e respeito pela própria terra. Verdadeiros bandidos!
Depois de muito tempo sem passar por Santiago, estive por fora de muitos acontecimentos, inclusive esse. Só soube disso há poucas horas.
Então, Froilam, o silêncio dos blogueiros a respeito disso acaba por aqui. Muito bom teres lembrado e protestado contra essa aparente despreocupação.

Desculpem, mas não há como evitar pensar...
..marginal é marginal.

Um comentário:

Froilam de Oliveira disse...

Meu amigo,
estou cansado. Três ou quatro (inclusive blogueiros) resolveram me achincalhar, tudo pq tenho ajudado a promover a cultura em Santiago. Resolvi me dedicar mais à literatura, à filosofia...
Pensar no meu próximo livro de poesia. Até o Oracy resolveu tirar uma casquinha, em seu Epitáfio no Expresso. Não me bastava o Júlio Prates, o Márcio Brasil (fofoqueiro que não aparece), agora o Oracy.
Mesmo assim, agradeço por tuas palavras sensatas.
Abç